Código de registo do evento E20170628
Nome do evento 17.º Festival Fringe da Cidade de MacauPasseio Criativo de Bicicleta, Recolha de Mapas
Data e Hora 14/1 (Dom.) 12:00-13:00 Recolha de Mapas
Limite de idade Acima da idade de18
Forma de Acesso Por ordem de chegada
Número de participantes 10
Local do evento Ponte n.º 9
Conteúdo

Em Movimento

Nuno Soares x Álvaro Barbosa x Carlos Caires 

 

# Passeio de bicicleta, vídeo  

 

Passeio Criativo de Bicicleta

14/1 (Dom.)

10:00-11:00 Recolha de Sons

11:00-12:00 Recolha de Imagens

12:00-13:00 Recolha de Mapas

Ponto de encontro: Ponte n.º 9

Entrada livre

N.º de participantes por passeio: 10

A admissão é por ordem de inscrição

Idioma: inglês

Notas aos participantes no Passeio Criativo de Bicicleta:

  1. Para maiores de 18 anos com experiência em ciclismo, nomeadamente em estrada.
  2. Os participantes deverão ter em atenção o estado das vias, acautelar a sua segurança e a dos outros.

 

Expressões em Movimento

21/1 (Dom.) 19:00 / Ponte n.º 9

Entrada livre

Aprox. 1 hora

 

Com uma bicicleta, os seus olhos e a sua curiosidade, poderá percorrer a cidade, apreciando os ex-libris e as gentes de Macau. Viu o que estava à sua frente? Ouviu o que se passava à sua volta? Deixou as suas marcas por onde passou?

Seja bem-vindo aos nossos passeios criativos de bicicleta que incluem uma viagem de sons, imagens e mapas feita por si. Será ao mesmo tempo ciclista e artista e vai usar os sentidos para experienciar Macau e registar o pulsar urbano.

Com base no que os ciclistas viram e ouviram, uma equipa de artistas portugueses criará obras de arte multimédia em formato de filme ou instalação, (re)explorando em movimento a Macau que conhecemos.

 

 

Coordenador de Programa e Curador: Nuno Soares

Coordenadores Técnicos: Andreia Soares e Tiago Patatas

Artistas: Nuno Soares, Álvaro Barbosa e C

0
inglês
Notas Notas aos participantes no Passeio Criativo de Bicicleta: 1.Para maiores de 18 anos com experiência em ciclismo, nomeadamente em estrada. 2.Os participantes deverão ter em atenção o estado das vias, acautelar a sua segurança e a dos outros.

© Instituto Cultural. Reservados todos os direitos.
Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 8, Adobe Acrobat Reader 9 e Flash Player 8 ou superior.