Novidades

中文版本
English

“Encontros”- Mapping Audiovisual das Ruínas de S. Paulo de regresso em Agosto
Instituto Cultural cria fórum para obter opiniões

24/05/2011
Festival de Artes de Macau

O espectáculo audiovisual “Encontros”- Mapping Audiovisual das Ruínas de S. Paulo, integrado no XXII Festival de Artes de Macau, terminou anteontem. Uma multidão de espectadores juntou-se nas Ruínas de S. Paulo para assistir à última apresentação do espectáculo, apesar da chuva que se fez sentir. Este espectáculo contou com mais de 4000 pessoas em média por dia, ultrapassado grandemente as expectativas da Organização. Além disso, o espectáculo tornou-se um êxito na Internet, tendo tido mais de 20,000 clicks no YouTube e tendo-se tornado um tema “quente” no Facebook e noutros fóruns cibernéticos. A partir do vídeo original carregado pela Organização, os utilizadores carregaram uma série de vídeos e fotografias do espectáculo, transformando-o num raro assunto “quente” em Macau. Os utilizadores da rede criaram inclusive um grupo no Facebook para solicitar à Organização mais projecções do espectáculo, ou mesmo que o mesmo se tornasse permanente em Macau. Em menos de dois dias, mais de 3000 utilizadores levaram a cabo uma discussão positiva, havendo um grande número que referiu não ter ainda assistido ao mesmo e solicitado projecções adicionais. A fim de corresponder às aspirações do público, o Instituto Cultural realizou imediatamente ontem uma reunião (dia 23 de Maio), na qual decidiu voltar a apresentar este espectáculo no mês de Agosto, a fim de corresponder às expectativas dos cidadãos e visitantes.

O espectáculo, da autoria da Comunidade Criativa Aberta de Audiovisuais Telenoika (Espanha), projectado durante dez noites consecutivas, foi encomendado pelo Festival de Artes de Macau. Produzido com tecnologia avançada de projecção de vídeo sobre um fundo musical, atraiu numerosos cidadãos e turistas, num total de mais de 10,000 pessoas.

Não obstante as opiniões positivas e negativas expressas online, algumas pessoas consideram que programas como este, quando tornados residentes, podem promover o desenvolvimento da indústria do turismo e para um novo conceito de turismo. Podem também promover a popularidade do Património Mundial e aumentar a sua atracção; contudo, alguns comentários expressaram preocupação com a poluição visual criada por este tipo de programas, causando inconvenientes aos residentes da zona.

O Instituto Cultural considera importante a promoção do debate sobre esta questão, uma vez que os jovens mostraram grande interesse por este programa. Assim, irá criar um fórum público de discussão em Julho, com o objectivo de convidar a comunidade artística local e o público, incluindo os utilizadores da Internet, a debater a possibilidade de dar continuidade a este espectáculo audiovisual, possibilitando assim aos cidadãos a oportunidade de se pronunciarem mais directamente sobre os eventos culturais da nossa cidade. O Instituto Cultural convida os cidadãos a expressarem as suas opiniões no website do Festival de Artes de Macau e no Facebook.



XXII Festival de Artes de Macau

2011‧04‧29 ~ 05‧28

D
S
T
Q
Q
S
S
29
30
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

programme


Galeria de Fotografias

Vdeo

Festival +

VENUES

Partner

傳媒區