Publicações

Retorna Pesquisa

PIRATAS NOS MARES DE MACAU (1854 - 1935)

PIRATAS NOS MARES DE MACAU (1854-1935) tenta ser mais do que uma simples exposição documental sobre um tema que desperta sempre o interesse de um vasto público. A figura do “pirata” transporta consigo todo um imaginário de aventuras e romances, de crueldades e barbaridades. Trata-se de um conjunto de representações sociais alimentadas, fundamentalmente, pela literatura e, também, pela indústria cinematográfica. Todavia, quando nos afastamos da imaginação e optamos por realizar um estudo mais profundo, percebemos rapidamente que estamos perante um tema particularmente complexo. Por isso, PIRATAS NOS MARES DE MACAU (1854-1935) é um projecto que se propõe, por um lado, despertar o interesse pelo estudo e pela investigação sobre este tema, enquanto problemática histórica multidimensional – geopolítica, diplomática, económica e social – e, por outro lado, divulgar um fundo documental particularmente rico, que se encontra à guarda do Arquivo de Macau (AM). São os seis assuntos que organizam, também, a Parte I do presente Catálogo, ensaiando a apresentação de alguns dos documentos expostos e tentando, simultaneamente, abrir caminhos para futuras investigações sobre este tema. Na Parte II do Catálogo apresentam-se os processos identificados, no AM, que se encontram directamente relacionados com a questão da actividade de pirataria em Macau e nas águas e territórios vizinhos, dos quais foram retirados os documentos patentes na exposição.