繁體中文  |  簡体中文  |  Português  |  English  
  Contacte-nos  |  Caixa de Sugestões  
 
 
Exposições > Memória
Exposição “Um Encontro no Tempo e no Espaço – O Centro Histórico de Macau”

22/7/2005 - 20/9/2005

O Instituto Cultural do Governo da R.A.E. de Macau inaugurou na Galeria Tap Seac, no dia 22 de Julho, pelas 15:30 horas, a Exposição “Um Encontro no Tempo e no Espaço – O Centro Histórico de Macau”, destinada a celebrar a inscrição de “O Centro Histórico de Macau” na Lista do Património Mundial e a proceder a uma maior divulgação do valor histórico de “O Centro Histórico de Macau”. Trata-se de uma excelente mostra artística sobre os monumentos históricos de Macau, que integra trabalhos de 38 artistas locais concebidos nos últimos anos, a qual estará patente ao público entre 22 de Julho e 20 de Setembro de 2005.

Há poucos dias, por aprovação unânime do Comité do Património Mundial da UNESCO, “O Centro Histórico de Macau” foi oficialmente inscrito na Lista do Património Mundial, passando a constituir, assim, o 31.o sítio de Património Mundial da China. No passado dia 15 de Julho à tarde, quando a notícia foi divulgada em Macau, toda a cidade se encheu de júbilo, pois a classificação de “O Centro Histórico de Macau” como Património Mundial representa a confirmação do valor mundial dos mais de quatrocentos anos da História de Macau.

Estiveram presentes o Chefe do Executivo, Dr. Edmund Ho, o Sub-Director do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Sr. Zu Ze, o Comissário do Ministério dos Negócios Estrangeiros na RAEM, Sr. Wan Yong Xiang, o Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da RAEM, Dr. Fernando Chui Sai On, o Sub-Director do Departamento de Estado para o Património Cultural da RPC, Sr. Zhang Bai e a Presidente do Instituto Cultural, Dr.ª Heidi Ho.

A inauguração da exposição foi realizada perante um grande mapa antigo de Macau, sobre o qual os convidados foram descerrando, uma a uma, imagens de monumentos históricos de Macau. Com estilos e características próprias, estes bem conservados monumentos, os quais apresentam ainda um grande dinamismo na actualidade, chegaram até nós atravessando os tempos e as vicissitudes da história.

“O Centro Histórico de Macau” constitui o mais antigo e o mais concentrado conjunto arquitectónico sino-europeu ainda existente na China e representa um testemunho da influência histórica da cultura religiosa ocidental na China e no Extremo Oriente. Ao longo de mais de quatrocentos anos, chineses e portugueses conviveram nesta cidade, edificando em conjunto uma vida comunitária com características culturais únicas. Foi também em Macau que viveram muitos artistas ocidentais, de passagem rumo à China. Esses artistas deixaram nesta terra uma grande quantidade de obras de arte e edifícios dos estilos chinês e ocidental. Este importante legado artístico continua a exercer impacto e influência nos artistas de hoje.

A exposição “Um Encontro no Tempo e no Espaço”, focada no Centro Histórico de Macau, apresenta ao público 69 obras de arte criadas por 38 artistas locais nos últimos anos, acompanhando o processo de candidatura a Património Mundial. Para além de pinturas a tinta da China, a aguarela, a óleo, caligrafias, gravuras, colagens, fotografias e cartazes, a exposição proporciona também uma imagem panorâmica, dinâmica e multi-dimensional da cidade através de maquetas, fotografias e vídeos. Estes últimos estão disponibilizados com acompanhamento audio em cantonense, português, mandarim e inglês.

Para um conhecimento mais aprofundado sobre “O Centro Histórico de Macau”, a organização da exposição disponibiliza igualmente um serviço de visitas guiadas destinado às escolas e instituições associativas. O serviço de visitas guiadas carece de marcação antecipada. Para mais informações, é favor contactar o Instituto Cultural atarvés do Tel. n.º 335140, ou consultar o sítio web www.macauart.net

 Em Detalhe
Data 22/7/2005 - 20/9/2005
Horário 10:00 - 19:00
Organização Instituto Cultural do Governo da R.A.E. de Macau