繁體中文  |  簡体中文  |  Português  |  English  
  Contacte-nos  |  Caixa de Sugestões  
 
 
Exposições > Memória
Inauguração da Exposição de Artes Visuais “A China e o Ocidente – Influência Cultual e Inovação I”

8/3/2004 - 26/4/2004

Após a realização das exposições “Património Cultural de Macau” e “Tesouros Chineses” nas últimas duas edições do Festival de Artes de Macau, o Instituto Cultural continua a envidar esforços em estimular a participação dos artistas locais no evento, pelo que foi organizada a Exposição de Artes Visuais “A China e o Ocidente – Influência Cultual e Inovação para a presente edição do FAM.

Nos últimos anos, as exposições de artes visuais do Festival de Artes de Macau têm adquirido uma importância e uma participação cada vez maiores. É, efectivamente uma plataforma para o fomento da criação artística e para a descoberta de talentos.

A exposição de artes visuais da presente edição do FAM é composta por 198 obras de 117 artistas locais. As obras expostas são extremamente variadas, incluindo 33 de pintura chinesa, 26 de caligrafia e gravação de selos, 42 de pintura ocidental, 8 de cartaz, 73 de fotografia, 1 de vídeo, 13 de escultura, 2 de instalação e outros meios de expressão artística. Nos últimos anos, não se tem assistido a uma tal amplitude de meios artísticos. A exposição revela ainda a nova face da criação artística em Macau, destacando vários artistas locais promissores.

Macau é a principal fonte de inspiração desta exposição, visto que tem desempenhado, desde há mais de quatrocentos anos, o papel importante de ponte de ligação entre o Oriente e o Ocidente. Durante o processo de intercâmbio cultural, verificaram-se numerosas transmissões e inovações. A história cultural de Macau, enquanto ponto de encontro para as culturas orientais e ocidentais, é justamente um processo constante de transmissão e inovação, e o produto final excede todos os precedentes em termos de qualidade.

A exposição é dividida em duas partes distintas: a primeira parte apresenta a tradição como tema principal e realça a profundidade da mistura de influências atrás referidas. A segunda parte foca a inovação e revela tendências completamente novas nas artes visuais locais. A abertura da primeira decorrerá no dia 8, pelas 18:30, na Galeria Tap Seac, enquanto que a abertura da segunda parte acontecerá no dia 27.

A Exposição de Artes Visuais “A China e o Ocidente: Influência Cultural e Inovação I” estará patente ao público até ao próximo dia 24 de Março, diariamente entre as 10:00 e as 19:00 horas, na Galeria Tap Seac, sito no edifício de entre a Biblioteca Central e o Arquivo Histórico, na Avenida do Conselheiro Ferreira de Almeida, n.º 95. A entrada é livre.

Serão realizados workshops e seminário durante a exposição, dirigidos a crianças em idade pré-escolar, estudantes do ensino básico e secundário e a artistas locais. Para mais informações e reservas de lugares, é favor contactar a Sr.ª Ho ou a Sr.ª Lam através do telefone 335140, durante as horas de expediente.

 Em Detalhe
Data 8/3/2004 - 26/4/2004
Horário 10:00 - 19:00
Organização Instituto Cultural do Governo da R.A.E. de Macau