Excertos de Ópera Kun

Grupo de Artes Performativas do Teatro de Ópera Kun de Jiangsu (Interior da China)

Teatro

Tempo

17/5|Domingo|19:30

localização

Centro Cultural de Macau - Grande Auditório

Tarifa

MOP 250, 180, 100,

Ópera Kun, uma tradição florescente

Intérpretes: Shi Xiaomei, Zhao Jian, Li Hongliang, Gong Yinlei, Qian Zhenrong, Gu Jun, Cao Zhiwei, Dan Wen, Zhang Zhengyao e Cong Haiyan

Programa:
“O Guarda-chuva Trilhado” de O Boudoir Secreto
“O Portão do Mosteiro” de O Gato de Nove Caudas
“Em Busca do Sonho” de O Pavilhão das Peónias
“A Torre Junto do Lago” de Ganhar Uma Beleza Inigualável
“Repreendendo o Pai” de A Camisa de Seda Branca

A consagrada Ópera Kun, que surgiu na Dinastia Yuan, abarca a verdadeira essência das artes performativas chinesas e é considerada o “padrão supremo da ópera chinesa”. Ao longo do tempo, esta forma de arte foi transmitida oralmente de mestre para discípulo. A Ópera Kun esteve na ribalta internacionalmente quando foi incluída na lista das Obras-primas do Património Oral e Intangível da Humanidade” da UNESCO em 2001. Embora as mais de 600 óperas Kun existentes tenham sido preservadas ao longo dos anos, esta forma de arte carece, ainda, de protecção.

OsprincípiosorientadoresdoGrupodeArtesPerformativas do Teatro de Ópera Kun de Jiangsu, sediado em Nanjing, a antiga capital das Seis Dinastias, são a preservação e a transmissão desta importante forma de arte tradicional. O grupo é composto por artistas experimentados, discípulos da quarta geração dos célebres artistas “Chuan”, os quais são capazes de representar uma variedade de tipos de papéis, alcançando novos patamares com elementos inovadores embora permanecendo fiéis à tradição. Todos são artistas premiados com uma larga experiência de actuação no estrangeiro e que estabeleceram uma reputação em todo o mundo.

Representada em dialecto de Zhongzhou, com legendagem em chinês, português e inglês
Duração: aproximadamente 2 horas e 15 minutos, incluindo um intervalo